Com gol no primeiro tempo, Grêmio bate o Juventude no Gauchão

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


  • Fábio faz o único gol do jogo após aproveitar um escanteio
  • Juventude teve chances no jogo e foi melhor durante o jogo
  • Com nove pontos, Grêmio assume a liderança do Gauchão

O Grêmio venceu o Juventude por 1 a 0 na noite desta quarta-feira, na Arena, em Porto Alegre, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Gaúcho. Uma partida difícil para o Tricolor Gaúcho, principalmente no primeiro tempo, quando o time de Roger Machado dominou a maior parte das ações e terminou os 45 minutos iniciais pressionando os donos da casa.

Muito embora na maioria das vezes o time joga melhor vence, na noite desta quarta foi diferente. Com um gol de Fábio, após cobrança de escanteio de Cristaldo, o Tricolor Gaúcho acabou conquistando os três pontos importantes na corrida pelo título do torneio. Isso porque a equipe treinada por Renato Portaluppi chegou aos nove pontos e, portanto, assumiu a liderança da competição.

Na próxima rodada, o Grêmio vai até o estádio Eucalípitos para encarar o Avenida, no sábado. Já o Juventude, estacionou nos seis pontos e caiu para a terceira colocação. O Juvão volta a campo no próximo domingo, quando recebe o Ypiranga, no Alfredo Jaconi.

Jogo movimentado

O primeiro tempo do clássico começou movimentado na Arena do Grêmio. Logo aos três minutos, o Tricolor Gaúcho estava com a bola dominada quando o Juvão roubou e armou um belo contra-ataque. Erick recebeu o cruzamento, mas finalizou de forma errada e desperdiçou o lance. O ataque do Juventude assustou o torcedor do Grêmio no início do jogo.

Contudo, não demorou nem dois minutos para a equipe de Renato Portaluppi responder à altura, com Soteldo. Assim como no lance do Juventude, o lance de ataque dos donos da casa surgiu em um erro da defesa adversária. Danilo Boza recuou mal para o goleiro, que tentou dar um carrinho para afastar o perigo. A bola ficou com Soteldo, que tocou para Villasanti, livre e de frente para o gol. Contudo, a opção foi devolver a bola para o atacante, que desperdiçou.

O jogo era aberto e os dois times estavam buscando o gol. Gilberto, que fazia a sua estreia pelo clube de Caxias do Sul, tentou em sua primeira oportunidade, mas acabou travado pela defesa gremista. Aos 15 minutos, Pepê arriscou de fora da área. A bola ainda desviou no meio do caminho antes de sair pela linha de fundo e ir para escanteio. Era a oportunidade que o Grêmio queria.

Gol do Grêmio, melhora do Juventude

Afinal, na cobrança, Cristaldo colocou na área e Fábio subiu mais do que o zagueiro para abrir o placar. Era o primeiro gol do Grêmio, o primeiro do Tricolor Gaúcho na noite de quarta-feira. O gol gremista deixou o jogo ainda mais movimentado. Soteldo passou a ser mais acionado. Com habilidade e comprometimento na marcação, o venezuelano deu trabalho, mas não conseguiu transformar esses adjetivos em gols.

O Juventude, com Jadson e Gilberto, chegaram com perigo na parte final do primeiro tempo. Entretanto, os lances de perigo da equipe do Juventude vinham em lances de insegurança de Marchesín, como no desvio de João Lucas, após a saída do gol do arqueiro. A torcida do Grêmio, então, ficou na bronca, pois o fim da primeira etapa teve domínio total da equipe treinada por Roger Machado.

Juvão pressiona

Renato Portaluppi resolveu mexer no time. Tirou Everton Galdino e colocou o jovem André, que tratou logo de fazer uma boa jogada, invadir a área e tocar para trás. A defesa do Juvão afastou o perigo. No lance seguinte, quem chegou para assustar a defesa do Juventude foi Soteldo, mas o venezuelano cruzou direto para fora. A torcida ficou na bronca com o camisa 7 gremista.

O Juventude ficou com a bola nos minutos seguintes, mas o sistema defensivo do Grêmio ajustou a marcação no intervalo, o que impediu novos ataques perigosos. No primeiro tempo, a defesa do Tricolor Gaúcho ficou exposta e permitiu muitos ataques. O que não se viu na primeira parte do segundo tempo. Aos nove minutos, JP Galvão foi acionado por Soteldo e, livre de marcação, pisou na bola e desperdiçou o lance.

Minutos depois, Soteldo cobrou uma falta na barreira e ganhou o escanteio. Na cobrança, por pouco a jogada do primeiro gol não se repetiu. Cristaldo cobrou e Fábio se antecipou ao goleiro e quase fez o segundo dele e do Grêmio na partida. Aos 15 minutos, Lucas Wingert levou uma pancada no rosto e teve de sair de campo. O Juventude, que já não podia contar com o seu arqueiro principal, teve de utilizar o terceiro reserva.

Após a paralisação para o atendimento ao arqueiro, o Juvão voltou melhor. Erick, mais uma vez, teve a chance de cabeça, e jogou sobre o gol de Marchesín. Gilberto, então, teve duas chances para marcar. Na primeira, Marchesín fez a defesa. Minutos mais tarde, o goleiro gremista fez outra boa defesa, mas deu rebote. Gilberto finalizou para fora e perdeu a chance do empate. Fim de jogo e vitória do time da casa.





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *