Depois de idas e vindas, o Grêmio anuncia a renovação com Villasanti

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


A negociação foi longa, com idas e vindas, mas, enfim, o Grêmio anunciou a renovação de contrato com Villasanti nesta sexta-feira (2). O novo vínculo do volante paraguaio de 27 anos com o Tricolor Gaúcho é válido até o final de 2027.

O contrato anterior de Villasanti com o Grêmio se encerrava no final da atual temporada. Mesmo que houvesse cláusula automática de renovação caso o volante participasse de 60% do Tricolor Gaúcho no, a direção gremista resolveu se antecipar, dando valorização merecida ao jogador e se protegendo do assédio do mercado.

As conversas para renovação de contrato iniciaram ainda em 2023. Após recusar a primeira oferta do Grêmio, o empresário de Villasanti, Renato Bittar, chegou a indicar uma saída do volante para a Europa, no meio de 2024, em entrevista ao jornal La Nación, do Paraguai, no final do ano passado.

Porém, as negociações avançaram neste início de 2024, até que a renovação de contrato fosse assinada nesta sexta-feira (2). Em entrevista ao site do Grêmio após o ato, Villasanti reconheceu a demora das partes para que chegassem em um denominador comum, mas comemorou a ampliação do vínculo.

– Estou muito feliz por essa renovação. Fazia um tempo em que estávamos negociando com a diretoria e chegamos a um bom acordo. Sempre fui feliz enquanto estive no Clube e espero que este seja um grande ano — disse Villasanti.

Após chegar em 2021, Villasanti foi um dos grandes destaques do Grêmio nas duas últimas temporadas

O Grêmio contratou Villasanti do Cerro Porteño na metade de 2021. E o contexto da chegada do volante paraguaio ao Tricolor Gaúcho não poderia ser pior, com a equipe na zona de rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro — a queda acabou se confirmando, posteriormente, naquele ano.

Em 2022, Villasanti se consolidou como uma das principais figuras do Grêmio. Fixado como primeiro volante pelo técnico Roger Machado, o paraguaio foi destaque na conquista do pentacampeonato Campeonato Gaúcho e na campanha do acesso de volta à Série A do Campeonato Brasileiro, já sob comando de Renato Portaluppi na reta final do ano.

Mas o 2023 de Villasanti foi ainda melhor. Ao lado de Suárez e Bitello, o paraguaio foi um dos grandes nomes de um Grêmio que foi campeão da Recopa Gaúcha, hexacampeão gaúcho, semifinalista da Copa do Brasil e vice-campeão brasileiro. De quebra, foi eleito um dos melhores volantes do Campeonato Brasileiro, pela Bola de Prata, da ESPN. Também apresentou bom desempenho pela Seleção Paraguaia, nas Eliminatórias Sul-Americana da Copa do Mundo, em que é líder de desarmes da competição.

Com as saídas de Bitello, ainda durante a temporada passada, e Suárez, ao final da mesma, Villasanti se tornou referência no elenco do Grêmio. O protagonismo neste início de 2024 vinha sendo dividido com Soteldo, mas o venezuelano sofreu grave lesão muscular e pode ficar até três meses longe dos gramados.

Villasanti pelo Grêmio

  • 114 jogos
  • 10 gols
  • 10 assistências
  • Bicampeão gaúcho (2022 e 2023) e campeão da Recopa Gaúcha (2023)





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *