Barletta, do Ceará, consegue liberação da Justiça para acertar com outro clube

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


A juíza Karla Yacy Carlos da Silva, da 9ª Vara do Trabalho de Fortaleza, liberou o atacante Chrystian Barletta para fechar com outro clube enquanto o processo em que ele pede a rescisão indireta do contrato com o Ceará está em andamento. O jogador alega o não pagamento de verbas trabalhistas.

Mas ela colocou algumas condições. A principal é que o jogador só poderá receber valores referentes à CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), como o salário em carteira, FGTS e 13º salário. Qualquer outro valor, de luvas, direito de imagem ou premiação, caso esteja no acordo, tem que ser depositado em juízo até o julgamento do mérito.

O departamento jurídico do Ceará havia pedido o retorno do jogador ao trabalho ao pagar, segundo o clube, tudo o que devia. Barletta deixou de treinar em 18 de janeiro. Segundo a defesa do atleta, o Ceará devia ao atacante as luvas pela assinatura do contrato, em julho de 2023, o 13º salário proporcional de 2023, férias integrais de 2023, direito de imagem de outubro, novembro e dezembro de 2023 e FGTS de agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro de 2023.

Caso haja uma decisão favorável ao Ceará ao fim do processo, os valores depositados em juízo voltariam ao clube contratante. O Vozão poderia receber um ressarcimento, mas por parte do atleta. O Sport demonstrou interesse no jogador

Contratado ao Corinthians por R$ 6,6 milhões, o Vozão já desembolsou R$ 2,2 milhões da quantia acertada em meados de 2023 para a compra de 50% dos direitos econômicos do jogador de 22 anos. O contrato dele vale até o fim de 2028.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *