Internacional anuncia nova organização do departamento de futebol; veja como fica

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Como esperado, o Internacional anunciou na segunda-feira (5) o retorno de Jorge Andrade ao clube. O profissional de 49 anos, que era executivo de futebol do Sport, ocupará o cargo de ‘Diretor de Futebol – Formação e Transição’ no Colorado.

Esta será a terceira passagem do profissional pelo clube. Ex-jogador, ele também foi Gerente Executivo das categorias de base do Inter entre 2014 e 2018. Andrade ainda acumula experiências nas categorias de base de Athletico-PR, Figueirense e Santos — no Peixe, também trabalhou como gerente do departamento de futebol profissional.

Em linhas gerais, Jorge Andrade chega ao Inter para substituir Gustavo Grossi, que deixou o cargo de diretor esportivo das categorias de base na semana passada. No entanto, além dessas mudanças de nome, o Colorado também reformulo o organograma do departamento de futebol, visando otimizar processos e aproximar base e profissional.

Profissionais do departamento de futebol do Internacional passam a ter novas funções

Antes Gerente Esportivo, o cargo de Magrão passa a ser chamado de ‘Diretor de Futebol – Gestão Esportiva’. De acordo com o clube, o ex-jogador “continuará liderando os setores de trabalho do Departamento de Futebol e a interligação com as categorias de base, exercendo uma função de gestão e suporte ao trabalho desempenhado pela comissão técnica, grupo de jogadores e equipe do Clube”.

Magrão passa a ser Diretor de Futebol – Gestão Esportiva do Internacional. Foto: Reprodução/SC Internacional

A partir dessa mudança, Felipe Dallegrave, que era diretor jurídico, assume a função de “Diretor de Futebol – Gestão e Jurídico”. O advogado, que trabalha há 18 anos no Inter, “agregará ao Departamento de Futebol dinamismo e agilidade nos processos internos, assim como melhorias em práticas para crescimento em controles e gestão”, de acordo com o clube.

Por fim, com a saída de Deive Bandeira, após 16 anos de Inter, para a Eagle Football Holding — dona do Botafogo, entre outros clubes, e liderada por John Textor –, Ricardo ‘Caco’ Sobrinha é o novo gerente de mercado colorado. Ele está desde 2015 no clube. Inicialmente, foi observador técnico das categorias de base, e era coordenador do Centro de Análise e Prospecção de Atletas (CAPA) desde 2019.

Presidente Alessandro Barcellos quer dividir responsabilidades, sem a função de um ‘super’ executivo de futebol

O novo organograma surge de uma ideia do presidente Alessandro Barcellos de dividir funções no departamento de futebol. O mandatário colorado é contra a ideia da figura de apenas um executivo de futebol com muitas atribuições. Isso foi deixado claro durante a campanha que concretizou sua reeleição, em dezembro do ano passado.

— Acho que a gente conseguiu, nesses três anos, não só no Internacional, como em vários clubes no Brasil, mostrar a diferença que tem entre os superpoderes que eram dados a uma ou duas pessoas, e a condição que tem o trabalho coletivo. Cada vez mais estou convencido de que a figura de um executivo superpoderoso tem seus dias contados. Você precisa ter uma equipe de mercado, performance, ciência de dados, scout, que estejam organizadas, com a relação do vestiário também. E acho que hoje temos uma equipe que responde bem a isso, comandada pelo Magrão [gerente esportivo], com a presença de profissionais de outras áreas — opinou Barcellos após o primeiro turno da eleição.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *