Colorado vence o Santa Cruz nos Plátanos

INTERNACIONAL


Bruno Henrique e Enner Valencia foram os artilheiros do Inter na noite desta quarta-feira (07/02) /Foto: Ricardo Duarte / Internacional

Com gols de Bruno Henrique e Enner Valencia, o Inter venceu o Santa Cruz no estádio dos Plátanos pela sexta rodada do Gauchão 2024. Com o resultado, o Colorado venceu a primeira partida fora de casa na competição e fica em segundo na classificação da competição.

No próximo domingo, o Inter tem novo confronto fora de casa diante do São José, no estádio Passo D’Areia na zona norte de Porto Alegre, a partir das 19h.


Ataque contra defesa nos Plátanos

Enner Valencia buscou o gol a todo momento no confronto /Foto: Ricardo Duarte / Internacional

O primeiro tempo da partida foi eletrizante para o Inter em Santa Cruz do Sul. A equipe escolhida por Eduardo Coudet para iniciar a partida buscou o gol de forma incessante durante todo o jogo e na primeira etapa, o time do Santa Cruz, que estreava na casamata como treinador um velho conhecido colorado, pouco assustou a meta de Anthoni.

Logo aos 4 minutos, em uma das poucas oportunidades do Santa Cruz no jogo, Pablo Bueno partiu pela ponta esquerda, e cruzou tentando encontrar Hugo Almeida na área colorada, mas foi interceptado por uma intervenção precisa de Gabriel Mercado, que frustrou a investida.

Dois minutos depois, Enner Valencia recebeu a bola aberto na ponta esquerda, avançou corajosamente em direção à área adversária, porém, seu chute foi bloqueado pela defesa.


Gols bonitos e coletivos

Bruno Henrique teve grande atuação nos Plátanos diante do Santa Cruz /Foto: Ricardo Duarte / Internacional

As ações ofensivas do Inter davam o tom da partida e aos 9 minutos, a explosão das arquibancadas em forma de gol veio pelo pés de Bruno Henrique, após bela jogada de Robert Renan, que saiu da defesa conduzindo a bola, e após tabela, serviu o camisa 8 colorado que estufou as redes de Marcelo Pitol! Santa Cruz 0 x 1 Internacional.

Com o placar aberto, o volume de jogo do Inter se intensificou. Aos 13 minutos, Enner Valencia tentou criar oportunidade pela direita, cruzando a bola para o centro da área, mas a defesa do Santa Cruz afastou o perigo iminente. No minuto seguinte, foi a vez de Wanderson mostrar sua habilidade, driblando pela ponta esquerda e disparando um chute potente com a perna direita, por pouco não balançando as redes.

E o camisa 10 do Inter, sempre causa por onde passa! Aos 20 minutos, o estádio quase veio abaixo quando Alan Patrick arriscou um chute de longa distância, e a bola caprichosamente encontrou o pé da trave, salvando o Santa Cruz do 2 x 0. Dois minutos depois, Enner Valencia cobrou uma falta perigosa, obrigando Marcelo Pitol a realizar uma intervenção crucial, mandando a bola para escanteio.


Valencia buscava o dele!

O jogo seguia frenético. E aos 25 minutos, Alan segurou a bola na área e encontrou Enner Valencia, que disparou um potente chute, porém, a bola acabou subindo demais. Quatro minutos depois, uma troca de passes entre Valencia e Alan Patrick resultou em um chute poderoso do camisa 10, que exigiu uma defesa espetacular de Marcelo Pitol, espalmada por cima do gol.

Após bela jogada de Wanderson pelo lado esquerdo, aos 34 minutos, o coração dos torcedores quase parou quando Bruno Henrique ficou a bola e encontrou-se cara a cara com Pitol, mas o goleiro adversário fez uma defesa monumental, negando o gol certo.

Valencia seguia inquieto buscando marcar o seu primeiro gol na temporada! Aos 37 minutos, o estádio estremeceu novamente quando o equatoriano soltou uma bomba com a perna esquerda, porém, Marcelo Pitol saiu bem do gol e mandou para o escanteio.


A busca chegou ao fim

Belo lançamento de Bruno Henrique serviu o primeiro gol de Valencia na temporada 2024 /Foto: Ricardo Duarte / Internacional

E, para fechar com chave de ouro o primeiro tempo, aos 42 minutos, um verdadeiro golaço! Bruno Henrique realizou um lançamento preciso para Enner Valencia, que, com um toque de cabeça magistral, deixou Marcelo Pitol para trás, estufando as redes e ampliando a vantagem para o Clube do Povo.


Segundo tempo com a mesma lógica

Wanderson incomodou o lado direito de defesa do Santa Cruz durante todo o jogo /Foto: Ricardo Duarte / Internacional

Assim como na primeira etapa, a equipe que chegou primeiro ao ataque fora os donos da casa, quando aos 6 minutos, Pablo descolou um cruzamento pelo lado direito, e Rafael Mineiro tentou uma finalização acrobática de letra, porém, a bola saiu rente ao gol de Anthoni, deixando os torcedores com o coração na boca. No entanto, depois deste lance, a equipe alvirrubra voltou a sua atenção ao ataque e não desocupou mais o campo de defesa do Santa Cruz.

Aos 9 minutos, quando Wanderson driblou habilmente dentro da área e arriscou um chute desequilibrado, a bola passou assustadoramente perto do gol, deixando o goleiro adversário sem reação. No minuto seguinte, Bruno Henrique surpreendeu Marcelo Pitol com um chute de meia distância pela ponta direita, obrigando o goleiro do Santa Cruz a desviar para escanteio em uma bella defesa.


Lucas Alario entrou na segunda etapa no lugar de Lucca /Foto: Ricardo Duarte / Internacional

Aos 12 minutos, em um lance de pura técnica: Charles Aránguiz realizou um lançamento preciso para Enner Valencia, que venceu o marcador na velocidade e tentou encobrir Marcelo Pitol, porém, a bola passou raspando pelo lado do gol, mantendo o empate momentâneo.

O jogo era movimentado no ataque do Inter, e aos 13 minutos, Valencia recebeu na pequena área, mas teve sua finalização bloqueada por Thiago Sales, frustrando as expectativas da torcida. No minuto seguinte, Lucca recebeu um passe de Bruno Henrique na entrada da área, tentou limpar para a perna esquerda, mas foi bloqueado pela defesa adversária, que impediu a finalização.

O ritmo frenético continuava, e aos 18 minutos, Enner Valencia tentou surpreender Marcelo Pitol por baixo das pernas, mas a bola acabou batendo na rede pelo lado de fora, mantendo o marcador inalterado.

O Inter seguia martelando a defesa do técnico Pedro Iarley, e na sua primeira ação na partida, Lucas Alario encontrou Enner Valencia na entrada da área, que bateu pressionado pela defesa, porém, a bola passou ao lado do gol, muito próxima.


Volume de jogo não se converteu em gols na segunda etapa

Aránguiz iniciou a partida atuando mais fixo à frente da zaga, mas com a entrada de Rômulo, pode atuar mais próximo do gol /Foto: Ricardo Duarte / Internacional

Com as mudanças de Eduardo Coudet na segunda etapa, Charles Aránguiz pode se soltar mais no ataque o que facilitou para o aumento de posse de bola e de lances de ataque na segunda etapa. No entanto, as ações de ataque não se converteram em gols na segunda etapa e o placar se manteve inalterado na partida.

Aos 28 minutos, Lucas Alario recebeu um belo lançamento de Renê dentro da área, dominou a bola e tentou encontrar De Pena, que acabou cometendo uma falta no lance, interrompendo a jogada promissora. O jogo continuava bom para o Inter, e aos 36 minutos, Carlos De Pena cruzou na cabeça de Alario, que quase marcou seu primeiro gol com o manto colorado.

E com o apito final do árbitro aos 48 minutos, o Inter venceu a sua primeira partida fora de casa no Campeonato Gaúcho 2024 se alçando a segunda colocação da competição.

Primeiro tempo

4’ – Pablo Bueno arranca pela ponta esquerda e busca Hugo Almeida dentro da área colorada, mas Robert Renan faz o corte.

6’ – Enner Valencia recebe aberto na ponta esquerda, invade a área e chuta prensado na defesa!

9’ – GOOOOOOOOL!!! BRUNO HENRIQUE RECEBE BELO PASSE DE ROBERT RENAN E ABRE O PLACAR EM SANTA CRUZ DO SUL!

13’ – Enner Valencia entra na área pelo lado direito e cruza para o meio, a defesa do Santa Cruz espanta o perigo!

14’ – Uuuuuuhhhh!!! Wandeco rabiscou na ponta esquerda e soltou bomba de perna direita!

20’ – NA TRAAAAAVE!! Alan Patrick solta a bomba de fora da área e a bola explode no pé da trave.

22′ – Valencia cobra falta perigosa e Marcelo Pitol manda o perigo par aescanteio.

25’ – QUE PATADA! Alan aciona Enner Valencia que soltou a bomba! A bola subiu demais.

29’ – De Valencia para Alanpa! E o 10 colorado soltou a pancada de perna direita! Marcelo Pitol espalmou por cima do gol.

34’ – Aaaaah… por pouco! Bruno Henrique saiu cara a cara com Pitol, que fez grande defesa!

37’ – UUUUUUHHHH!!! ENNER VALENCIA SOLTA A BOMBA DE PERNA ESQUERDA, MAS PITOL SAI BEM NO ABAFA!

42’ – GOOOOLAÇO!!! LINDO LANÇAMENTO DE BRUNO HENRIQUE PARA ENNER VALENCIA QUE TIRA DE MARCELO PITOL COM UM TOQUE DE CABEÇA E ESTUFA AS REDES NA SEQUÊNCIA!

Segundo tempo

6’ – Pablo cruza pelo lado direito e Rafael Mineiro tenta de letra, mas a bola sai ao lado do gol de Anthoni

9’ – QUAAAASE! Wanderson rabisco dentro da área e bateu desequilibrado de dentro da área! A bola passou perto demais!

10′ – Bruno Henrique surpreende Marcelo Pitol e arrisca de meia distância da ponta direita. O goleiro do Santa Cruz manda para escanteio.

12’ – AAAAAH… Lindo lançamento de Charles Aránguiz e Valencia tenta encobrir Marcelo Pitol. A bola passou raspando pelo lado!

13′ – Valencia recebeu na pequena área, mas teve a finalização bloqueada por Thiago Sales.

14′ – Lucca recebe de Bruno Henrique na entrada da área, ele limpa para a perna esquerda mas tem a finalização bloqueada pela defesa!

18’ – Enner Valencia toca por baixo das pernas de Marcelo Pitol, mas a bola fica na rede pelo lado de fora!

24’ – Lucas Alario encontra Enner Valencia na entrada da área e ele bate pressionado pela defesa pelo lado do gol!

28’ – Lucas Alario recebe belo lançamento de Renê dentro da área, o centroavante domina e tenta encontrar De Pena, que comete falta no lance.

36’ – QUAAAASE! CARLOS DE PENA BOTA NA CABEÇA DE ALARIO QUE QUASE MARCA O PRIMEIRO DELE COM O MANTO COLORADO!

44’ – Wanderson cruza para Luiz Adriano, mas ela vem um pouco alta demais.

48′ – Fim de jogo!

Ficha técnica:

Santa Cruz (0): Marcelo Pitol; Kevlin (Tairone), Jefferson, Thiago Salles e David; Amaral, Netto (Rickelmy), Marcio Jonatan (Daniel Pereira) e Hugo Almeida (Jean Lucca); Rafael Mineiro (Leylon) e Pablo Bueno. Técnico: Pedro Iarley.

Internacional (2):  Anthoni; Fabricio Bustos, Mercado, Robert Renan e Renê; Aránguiz, Bruno Henrique (Carlos de Pena), Wanderson e Alan Patrick (Rômulo); Lucca (Alario) e Enner Valencia (Luiz Adriano). Técnico: Eduardo Coudet.

Gols: Bruno Henrique, 9’/1ºT, Enner Valencia, 42’/1ºT (I).

Cartões amarelos: Amaral (S). Alan Patrick e Robert Renan (I).

Arbitragem: Anderson Daronco apita, auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi e Claiton Timm. Quarto Árbitro: Matheus Souza Costa.

Estádio: Plátanos.

Imagens: Ricardo Duarte



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *