Renato Portaluppi comenta empate com o São Luiz e afirma que vai cobrar seus jogadores

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


O Tricolor é o líder do Campeonato Gaúcho com 16 pontos, enquanto o São Luiz está na sexta posição, com oito

O empate em 1 a 1 entre Grêmio x São Luiz deu a tônica da entrevista coletiva pós-jogo, no sábado (10). E o técnico Renato Portaluppi não disfarçou o descontentamento com a equipe.

O Tricolor é o líder do Campeonato Gaúcho com 16 pontos, enquanto o São Luiz está na sexta posição, com oito.

Os compromissos do Grêmio em 2024

  • De volta à elite nacional com muitos méritos, o Grêmio terá um calendário completo em 2024;
  • O Imortal está de volta à Libertadores, disputará o Campeonato Gaúcho, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil;
  • estreia oficial do Imortal foi contra o Caxias, fora de casa, pela primeira rodada do Campeonato Gaúcho.

LEIA MAIS SOBRE O GRÊMIO

++ Grêmio empata com São Luiz por 1 a 1 no Gaúcho; veja os gols
++ Técnico do Zenit afirma que Du Queiroz chega ao Grêmio sem lesões
++ Grêmio empata com São Luiz por 1 a 1 no Gaúcho; veja os gols

Quer ficar por dentro do que acontece de mais importante no “Mundo da Bola”!? Então fique ligado no Sambafoot! Siga nossos perfis no Instagram, X (antigo Twitter) e Facebook!

Renato promete cobranças

Insatisfeito com o resultado, o técnico gremista afirmou que vai cobrar os atletas a respeito do desempenho na partida contra o São Luiz.

“Não gostei. Nem poderia ser diferente. Já conversei com o grupo e eu tenho que cobrar algumas coisas. Mas são cobranças que eu faço entre 4 paredes”, explicou o treinador.

Temperatura alta

Questionado sobre o fator clima – fez mais de 35º em Porto Alegre na tarde de sábado – Renato disse que o calor não pode justificar o jogo ruim. 

” Não é desculpa. É calor para os dois times. O São Luiz veio aqui e correu e descansou um jogo a menos que a gente, não é desculpa”, disse Renato Portaluppi. 

A forma do time jogar também esteve na ponderação do treinador. Tanto que o gol sofrido não passou em branco na análise de Renato. “Não podemos tomar o gol que tomamos”

O comandante tricolor ainda lembrou a atuação de J.P Galvão que perdeu diversas oportunidades de gol, saindo vaiado de campo.

Renato Portaluppi defendeu o atleta, inclusive criticando a imprensa. “Aqui no Sul tem essa mania de perseguir jogadores. Se toda vez que um jogador mal for crucificado, for perseguido, aí não dá. Ele é jogador do Grêmio.”

Campanha contra o assédio

Nesse sábado (10), o Grêmio enfrentou o São Luiz pela 7ª rodada do Gauchão, na Arena. Além de tentar manter a liderança no Gauchão, o Tricolor Gaúcho entrou em campo com força máxima em uma campanha contra o assédio.

O anúncio da campanha, focada no Carnaval 2024, foi feito pelo Grêmio na sexta-feira (9), sob o mote “Grêmio pelo Zero Assédio”. 

A ação não será restrita apenas ao jogo contra o São Luiz, mas deve ocorrer ao longo do ano no clube como estratégia de combate à violência contra a mulher.

Como parte do projeto, o volante Villasanti entrou em campo com a camisa de número 0, em alusão ao nome da campanha. Foi a primeira vez que um jogador utilizou tal numeração no futebol brasileiro.

 

VEJA TAMBÉM 

++ Saiba porque Villasanti entrará em campo com a camisa zero em Grêmio x São Luiz
++ Grêmio anuncia a contratação de Diego Costa – veja os detalhes
++ Sambafoot Series estreia com documentário sobre Zagallo

Quer ficar por dentro do que acontece de mais importante no “Mundo da Bola”!? Então fique ligado no Sambafoot! Siga nossos perfis no Instagram, X (antigo Twitter) e Facebook!





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *