“A expectativa é brigar na parte de cima da tabela”, diz Henrique Trevisan sobre nova temporada pelo FC Tokyo no Japão

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


A menos de uma semana do início da nova temporada da J-League, a primeira divisão do futebol japonês, Henrique Trevisan já faz planos para os desafios que virão em seu terceiro ano defendendo as cores do FC Tokyo. Aos 27 anos, o zagueiro diz que quer ver sua equipe brigando pelas posições mais altas da tabela de classificação.

A expectativa é brigar na parte de cima da tabela, esse é o objetivo do clube, estamos trabalhando no dia a dia para começar bem o campeonato e poder sonhar alto ao longo de 2024. Sei que na temporada passada tivemos algumas oscilações, mas vamos tentar corrigir agora e correr atrás de resultados mais positivos”, analisou o defensor.

Em janeiro, Henrique Trevisan acertou a renovação contratual com o FC Tokyo e rasgou elogios às condições de trabalho oferecidas pela equipe japonesa.

Muito feliz em continuar no FC Tokyo, um clube que me recebeu muito bem, que oferece toda a estrutura para o jogador desempenhar um bom papel. Vou para minha terceira temporada pelo clube e espero continuar mais tempo aqui ajudando o clube e meus companheiros em campo”, comentou.

Como todo bom zagueiro, Henrique Trevisan já precisou marcar grandes atacantes. No futebol japonês, ele cita um brasileiro entre os homens de ataque mais difíceis que teve que acompanhar de perto.

Teve vários bons atacantes que marquei aqui no Japão, Leandro Damião, Yuya Osako, entre outros. É um campeonato competitivo que tem muitos bons jogadores”, avaliou.

A estreia do FC Tokyo na J-League 2024 acontece, neste sábado (24), a partir das 3h (de Brasília), contra o Cerezo Osaka. Mesmo fora de casa, a ideia é começar o torneio somando os três pontos.

Não pensamos em outra coisa além de vencer, faz toda a diferença começar com o pé direito, agrega confiança e impõe respeito”, concluiu Henrique Trevisan.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *