Luan faz primeiro jogo após sair do Grêmio e se manifesta nas redes sociais: “Honrado”

GRÊMIO


A noite de quarta-feira representou um reinício para o atacante Luan, que não ficou no Grêmio para a temporada de 2023 e fez a estreia com a camisa do Vitória. Ele, que está em Salvador desde o meio de janeiro e vem desde então focando na parte física, entrou no segundo tempo do empate do seu novo time em 1×1 com o Náutico, em casa, pela Copa do Nordeste.

Momentos depois do término da partida, Luan usou as suas redes sociais para se manifestar e se dizer “honrado” por entrar em campo com a camisa do Vitória. “Honrado de estrear com o manto rubro-negro em nossa casa. Vamos seguir buscando nossos objetivos com vocês!”, escreveu, na conta oficial no Instagram.

Em coletiva de imprensa pós-jogo, o técnico do Vitória, Léo Condé, falou sobre o aproveitamento de Luan e mostrou otimismo em relação ao aproveitamento do ex-jogador do Grêmio daqui para frente nesta temporada de 2024:

“Eu gostaria até de colocá-lo um pouco antes, mas o desenho do jogo, como já tinha entrado o Daniel Júnior, a gente decidiu segurar um pouco. Mas é um jogador que tem qualidade e potencial. É mais no aspecto físico. Ele achar isso e entrar da melhor forma, que também pode nos ajudar”, avaliou.

Para efeito de curiosidade, o Vitória tem em seu elenco dois outros jogadores conhecidos das torcidas gaúchas, especificamente a do Inter, casos do goleiro Muriel e do lateral-direito Zeca, que defenderam o clube do Beira-Rio em diferentes ocasiões.

Luan no Vitória
Luan quase não foi aproveitado no Grêmio em 2024 – FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Por que o Grêmio não ficou com Luan?

Esquecido no Corinthians e enfrentando problemas de relacionamento com a torcida, Luan foi “resgatado” pelo Grêmio no meio da temporada passada. Ele, porém, teve pouco ou nenhum protagonismo dentro de campo, já que atuou somente em cinco partidas – nenhuma delas iniciando como titular. Havia uma expectativa de que pudesse renovar por mais um período para ter mais chances no Gauchão, mas não foi essa a decisão final da diretoria gremista.

“Cheguei no Grêmio, o time estava muito bem encaixado e foi difícil entrar na equipe. Por isso o fato de pouca minutagem. Só quero ter oportunidade de jogar e mostrar o que sei de melhor. Sinceramente, até hoje eu não sei por quê [não renovou com o Grêmio]. Tudo na vida tem propósito. Não era para estar lá, era para estar aqui. Não quero pensar nisso, mas no Vitória. É o mais importante”, citou o Rei da América da temporada de 2017 logo na sua apresentação ao Vitória.

“Quando eu fui vice de futebol em 2016, Luan foi meu atleta. Depois, como diretor, ele também foi meu atleta. Agora, eu falei que era uma questão mais humanitária. Era um ídolo, precisava ser acolhido. A não renovação não é uma decisão presidencial. Isso passa pela análise de muita gente. O Grêmio tem uma comissão técnica que não é só o treinador. O Grêmio tem um executivo de futebol, um gerente, enfim, tem mais pessoas avaliando os prós e contras. A gente tem um limite de jogador. Quando a gente tem alguém ali, não pode ter 40, 50 jogadores. Trabalhar com um plantel curto, com jogadores que podem fazer mais de uma função… se avaliou o desempenhou e se optou pela não renovação”, declarou o presidente gremista Alberto Guerra, ao jornalista Duda Garbi, no começo de 2024.

LEIA MAIS DO GRÊMIO:





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *