Alberto Guerra mandou recadinho para o Internacional

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Em busca de maior igualdade no futebol brasileiro, o Internacional continua trabalhando ao lado da Liga Forte Futebol (LFF). Nas últimas semanas, inclusive, o Colorado aceitou o contrato comercial oferecido pela associação. Diante disso, o presidente do Grêmio, Alberto Guerra, aproveitou para dar uma cutucada na decisão de Alessandro Barcellos.

De acordo com o mandatário, o Internacional está apoiando um lado que não é vantajoso financeiramente. “A gente entende que pode grenalizar o assunto entre os torcedores, mas cada clube sabe o que é melhor para si. Não sei as razões que levaram os clubes da Liga Forte a fazerem aquele negócio”, disse Guerra para o site GZH.

O dirigente ressalta que não pretende prejudicar os próximos anos de gestão do clube. Desta forma, ele tomou a decisão de não adiantar 20% do valor que estava previsto para os próximos anos. O presidente ainda acredita que a medida tomada pelo Inter é incorreta, já que não é positiva no ponto de vista do longo prazo.

“Em nenhum momento nós cogitamos vender os direitos de televisão e antecipar 20% do valor por 50 anos. Minha linha de atuação é a de não comprometer para os próximos presidentes uma receita importante para os clubes”, dispara Alberto Guerra, que segue determinando o futuro do Grêmio em parceria com a Libra.

Internacional fecha acordo com a LFF

De acordo com as informações divulgadas, o Inter vendeu 20% dos contratos comerciais de TV pelos próximos 50 anos para o fundo da LFF. Ou seja, no próximo meio século, todo contrato de venda dos direitos televisivos serão divididos da seguinte forma: Inter com 80% e LFF com 20%. O Clube do Povo recebe cerca de R$ 220 milhões pelo acordo.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *