Coudet, do Internacional, afirmou que não sabia de cavadinha de Robert Renan na Rússia

INTERNACIONAL


Na última segunda-feira (26), o Internacional perdeu na semifinal para o Juventude nos pênaltis por 5×4 após empatar por 1×1, no tempo normal. A partida foi realizada no Beira-Rio, em Porto Alegre; O último batedor do Colorado foi o zagueiro Robert Renan, que chegou ao clube no início do ano. O jogador bateu com uma cavadinha e o goleiro Gabriel defendeu com certa facilidade. A cobrança culminou na perda da vaga para a final do Campeonato Gaúcho.

Na Rússia, o atleta já havia batido da mesma forma, só que na ocasião ele acertou e o Zenit, sua antiga equipe, sagrou-se campeã. Em entrevista coletiva, o técnico argentino, Eduardo Coudet falou que não sabia do estilo de cobrar o pênalti do jogador, mas disse não irá jogar a responsabilidade para ele.

Leia também

England v Brazil - International Friendly - Catherine Ivill (2024 Getty Images, Getty Images Europe)
Oscar é atual meio-campista do Shanghai Port - Visual China (Getty Images/ AsiaPac)

Na verdade não sabia disso da Rússia. Na lista que passamos para chutar, passamos até o sexto homem, que era o Bruno (Gomes), depois os jogadores que ficavam. Não há como colocar a responsabilidade em um garoto de 20 anos. Não falei com ele por que tomou essa decisão”, afirmou o treinador.

O Juventude, que foi campeão gaúcho apenas uma vez, em 1998, aguarda o vencedor da semifinal entre Grêmio e Caxias para saber quem será seu adversário na final. O Tricolor Gaúcho largou na frente do primeiro jogo com uma vitória por 2 a 1.

Eliminado nas semifinais mais uma vez, o Internacional não disputa a final do estadual desde 2021 e não conquista o título desde 2016.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *