Grêmio busca vaga na final | TN Sul

GRÊMIO


Porto Alegre
esporte@tnsul.com

O Grêmio está a um passo da final do Gauchão. Após bater o Caxias, na partida de ida, na Serra, o Tricolor precisa apenas de um empate para chegar a mais uma final de competição estadual. A bola rola a partir das 21h na Arena, em Porto Alegre. E são esperados mais de 30 mil torcedores. Os setores da arquibancada Superior Leste e Norte já estão esgotados.

Na manhã de ontem, a assessoria da Arena divulgou que mais de 12.2 mil ingressos foram vendidos. Os torcedores podem adquirir as entradas restantes pelo site da Arena ou do clube. Hoje, as bilheterias Norte, Sul, Leste e Oeste abrirão a partir das 16h para venda de ingressos e fecham às 21h30. Os portões do estádio abrem a partir das 19h. O último jogo da equipe na Arena foi nas quartas de final do Gauchão, na vitória por 2 a 0 sobre o Brasil de Pelotas. Naquela oportunidade, o Tricolor recebeu um público de 31.056 pessoas.

VILLASANTI DEVE JOGAR

O cancelamento do amistoso entre Paraguai e Rússia resolveu o dilema do meio-campo do Grêmio. Com o retorno de Villasanti, o Tricolor tem a possibilidade de repetir a equipe titular pelo terceiro jogo consecutivo na temporada. O paraguaio seria o único desfalque do Grêmio para o jogo de hoje, por conta do duelo entre Paraguai e Rússia em Moscou. A partida foi cancelada por conta do atentado na capital russa.

Gabigol é suspenso do futebol por dois anos

Rio de Janeiro

Foto: Gilvan De Souza/Flamengo

Gabigol foi suspenso por dois anos por fraude do exame antidoping. O julgamento, que teve início na semana passada, foi concluído ontem, pela Justiça Desportiva Antidopagem, em sessão que durou pouco mais de duas horas. A pena começou a valer a partir de 8 de abril de 2023, quando foi realizada a coleta de exames no CT do clube. Portanto, ele está impedido de jogar até abril de 2025. Cabe recurso. O julgamento foi apertado, com o placar de 5 a 4 a favor da punição do atacante.

FORA ATÉ 2025

Com dois anos de gancho – em punição que poderia chegar a quatro anos -, Gabigol pode jogar em abril de 2025 – ou seja, não em abril de 2026, o que aconteceria em caso da punição a partir de ontem – por questão técnica prevista no Código Brasileiro Antidopagem. A vice-presidente do Tribunal de Justiça Antidopagem, Selma Melo, explicou que o código estabelece o seguinte no inciso II do artigo 163 – o artigo que trata do início do período de suspensão.

Gabigol foi acusado por infração ao artigo 122 do Código Brasileiro Antidopagem, que se refere a “fraude ou tentativa de fraude de qualquer parte do processo de controle”. O código prevê suspensão de até quatro anos em caso de condenação. Gabigol foi acusado de dificultar a realização do exame. Mesmo que o tenha feito e testado negativo, segundo o artigo, a atitude relatada pelos oficiais de coleta se encaixa como “fraude ou tentativa de fraude de qualquer parte do processo de controle” e, por isso, o atacante respondeu pelo artigo.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *