Grêmio faz placar, sofre após expulsão, mas vence Caxias e está na final do Gauchão

GRÊMIO


O sonho do heptacampeonato gaúcho está por dois jogos. O Grêmio ensaiou uma goleada, sofreu após expulsão do lateral Mayk, mas venceu o Caxias por 3 a 2, na noite desta terça-feira na Arena. Agora, vai enfrentar o Juventude na grande decisão do próximo fim de semana.

Diego Costa, duas vezes, e Cristaldo marcaram para o Tricolor. Vitor Feijão e Tomas Bastos descontaram para o Grená. A primeira partida da final será disputada no sábado, no Alfredo Jaconi.

Diego Costa decisivo

Em desvantagem na eliminatória, o Caxias levou perigo na primeira chegada ofensiva. Aos 10 minutos, Gabriel Silva recebeu pela esquerda, cortou para o meio e soltou a bomba. A bola passou perto da trave esquerda de Caíque. Com maior qualidade técnica, o Grêmio aumentou ainda mais a vantagem na primeira chance criada. Aos 20, Pepê deu belo passe para Pavón, em velocidade, pela direita. O argentino cruzou rasteiro e Diego Costa completou para o fundo das redes: 1 a 0.

O gol desnorteou o Grená, que passou a ser dominado pelo Tricolor. Aos 22, em cobrança de escanteio de Cristaldo, Rodrigo Ely subiu mais alto e obrigou ótima defesa de Fabian Volpi. Superior no jogo, o Grêmio encaminhou a vaga na final ainda na etapa inicial. Aos 29, Gustavo Nunes deu belo passe para Cristaldo, que infiltrou na área e tocou no canto direito: 2 a 0. Dez minutos mais tarde, João Pedro cruzou para Diego Costa, que, ao dominar no peito tirou do zagueiro, teve toda a qualidade para deslocar o goleiro do Caxias: 3 a 0. Antes do intervalo, Renato perdeu Pepê, após choque de cabeça, promovendo a entrada de Du Queiroz.

Quando tudo parecia sob controle, o lateral Mayk devolveu o Caxias ao jogo. No último minuto, o jogador gremista acertou um chute no rosto de Alvaro, em lance na lateral do campo, sem risco de gol. Foi expulso de forma direta pelo árbitro Jean Pierre.

Sufoco no fim

Sem mais nada a perder e um jogador a mais, o Caxias voltou para o segundo tempo para tentar diminuir o prejuízo. Aos 7, Elyeser aproveitou cobrança de falta e desviou de cabeça para fora. Seis minutos mais tarde, os visitantes descontaram. Em cobrança de escanteio, a zaga gremista desviou para trás, Caíque não conseguiu defender e Vitor Feijão empurrou para o gol: 3 a 1. O Grená seguiu em cima e quase voltou a descontar com Tomas Bastos, aos 21, em cobrança de falta. Caíque voou no canto esquerdo e espalmou.

Tentando manter a bola na frente e reforçar a marcação, Renato aproveitou para promover a entrada de Soteldo e Dodi. Não deu certo e a bola seguia voltando para o ataque caxiense. Nos minutos finais, Tomas Bastos aproveitou rebote de Caíque e descontou: 3 a 2. Sob muita pressão, o Tricolor segurou a vitória e comemorou na Arena.

Gauchão 2024 – Semifinal

Grêmio 3

Caíque; João Pedro, Rodrigo Ely, Kannemann e Mayk; Villasanti, Pepê (Du Queiroz) e Cristaldo (Wesley Costa); Pavón (Dodi), Gustavo Nunes (Soteldo) e Diego Costa (André Henrique). Técnico: Renato Portaluppi.

Caxias 2

Fabian Volpi; Marcelo, Jean Pierre, Cézar Henrique e Dudu Mandai; Barba, Elyeser, Emerson Martins (Vitor Feijão) e Tomas Bastos; Alvaro (Joel) e Gabriel Silva (Robinho). Técnico: Argel Fuchs.

Gols: Diego Costa (21min/1°T e 39min/1°T) Cristaldo (29min/1°T). Vitor Feijão (13min/2°T) Tomas Bastos (36min/2°T)

Cartões amarelos: Argel Fucks, Vitor Feijão, Robinho e Jean Pierre (Caxias) João Pedro e Renato Portaluppi (Grêmio)

Cartão vermelho: Mayk (Grêmio)

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Assistentes: Mauricio Coelho Silva Penna (RS) e Otávio Legramanti (RS)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Data e hora: 26 de março, terça-feira, às 21h


Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *