Grêmio e Juventude param em goleiros e ficam no empate… ABC do ABC

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Grêmio e Juventude apenas empataram em 0 a 0 no primeiro jogo da final que ocorreu neste sábado (30), no Alfredo Jaconi, pelo Campeonato Gaúcho. Em partida burocrática e muito física, os goleiros Gabriel e Caíque foram os protagonistas.

O primeiro tempo foi bem pegado. Ambos os times tiveram chances, mas não capricharam e os goleiros Gabriel e Caíque foram muito seguros quando acionados. Em um jogo de muitas faltas, Daronco controlou a partida na conversa, o que dificultou o futebol ‘limpo’ entre os adversários.

Na segunda etapa, mais chances empilhadas que pararam em Gabriel e Caíque. Os goleiros foram os que mais trabalharam por suas equipes. Os times não estiveram tão inspiradas nesta tarde e pareceram jogar pelo empate. Cristaldo, Rildon e Pavón foram os que chegaram mais próximo de marcar, mas a partida terminou no 0 a 0.

Os times voltam a se enfrentar no sábado (6), às 16h30, na Arena do Grêmio, pelo segundo jogo da final do Gauchão.

Jogo pegado!

O primeiro tempo foi marcado por um jogo aberto para as duas equipes e bem pegado fisicamente. O Grêmio se impôs fora de casa e deu trabalho para o Juventude, que tentou parar os lances perigosos em chegadas fortes. O árbitro Daronco tentou controlar a partida na conversa e não distribuiu cartões amarelos, o que deu brecha para a Juve seguir brecando os gremistas com chegadas firmes e perigosas.

Renato Gaúcho reclamou ao longo da partida e esbravejou que ‘deve ser difícil jogar futebol’. Ao longo do tempo o jogo ficou morno, ambos os times tiveram chances, mas não capricharam. O goleiro Caíque foi acionado em duas oportunidades e se saiu muito bem, sobretudo em erro de saída de bola. Aos 45 minutos, Rodrygo Ely vacilou e deixou a bola sobrar para Rildo, que arriscou de longe e por muito pouco não abriu o placar. Caíque fez defesa incrível.

O Juventude voltou melhor e assustou com Rildo logo nos primeiros minutos, mas Caíque, seguro, tirou as esperanças dos donos da casa em boas defesas. Mais tarde, porém, o Grêmio equilibrou a partida e por pouco não abriu o placar com Cristaldo, mas Gabriel esteve bem posicionado e seguro.

O jogo passou a ficar burocrático a partir dos 20 minutos com o controle de jogo de Daronco, que distribuiu cartões amarelos. Foram seis ao longo da segunda etapa e a partida ficou picotada. Os goleiros, inclusive, foram menos acionados. As equipes aparentaram cansaço e mesmo diante das substituições, não houve gás. Jogaram pelo empate.

Em jogo lá e aqui, os times foram empilhando chances desperdiçadas. Gabriel e Caíque foram os que mais trabalharam por suas equipes e a bola não entrou. Em tarde pouco inspirada, Cristaldo, Rildon e Pavón foram os que chegaram mais próximo de marcar, mas a partida terminou no 0 a 0.

Lances importantes

UUUUUH! — Aos 9 minutos do primeiro tempo, Edson, do Juventude, se posicionou bem para cabecear, mas a bola passou por cima do gol.
QUASE! — Aos 29 minutos, Pavón arriscou de longe e mandou uma bomba, a bola passou rente à trave.
De novo ele! — Pavón voltou a levar perigo aos 40 minutos do primeiro tempo. Ele deu uma caneta, driblou dois, mas pegou errado e mandou a bola para fora.
Saída errada… — Aos 45 minutos, Caique deu toque curto a Rodrigo Ely, que não chegou na bola e deu de bandeja para Rildo. Ele invadiu a área e chutou forte, mas Caíque brilhou em bonita defesa.
Que chance! — Logo no primeiro minuto da segunda etapa, Rildo voltou a levar perigo. De longe, ele recebeu, limpou e mandou uma bomba para o gol, mas Caíque se esticou inteirinho para tirar.
Por pouco… — Cristaldo, aos 12 minutos do segundo tempo, bateu uma falta perigosa, mas Gabriel esteve bem posicionado e seguro.
Que defesa! — Aos 30 minutos, Pavón recebeu de escanteio e chutou forte no meio do gol. Gabriel, bem posicionado, tirou boa chance.Ficha técnica

FICHA TÉCNICA — JUVENTUDE 0 x 0 GRÊMIO

O primeiro jogo da final do Gaúcho
Local: Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)
Data/hora: 30/03/2024 (sábado), às 16h30 (de Brasília)
Cartões amarelos: Jadson, Rildo, Jean Carlos, João Lucas, Rodrigo Sam (JUVE) – Fábio, João Pedro, Kannemann (GRE)

GRÊMIO: Caique; João Pedro, Rodrigo Ely, Kannemann e Fabio; Villasanti, Pepê (Dodi) e Cristaldo (Du Queiroz); Pavón (Soteldo), Gustavo Nunes (Nathan) e Diego Costa (João Pedro). Técnico: Renato Gaúcho.

JUVENTUDE: Gabriel; João Lucas, Rodrigo Sam, Zé Marcos e Alan Ruschel; Caíque, Jadson e Jean Carlos (Nenê); Lucas Barbosa (Kleiton), Edson Carioca (Rildo) e Gilberto (Erick). Técnico: Roger Machado



  • Data: 30/03/2024 08:03
  • Alterado: 30/03/2024 08:03
  • Redação
  • Folhapress/Uol



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *