Quando é o segundo jogo da final do Gauchão, entre Grêmio e Juventude?

GRÊMIO


Neste sábado, 30, Juventude e Grêmio se enfrentaram pelo jogo de ida da decisão do Campeonato Gaúcho, no estádio Alfredo Jaconi, casa do Alviverde.

As equipes empataram sem gols na partida e a decisão do título gaúcho ficará para o jogo de volta, que terá mando de campo do Imortal.

Confronto equilibrado

  • Com o empate no jogo de ida, nenhuma das equipes vai com vantagem para o jogo de volta.
  • Dessa forma, o time que vencer o segundo jogo da decisão se consagrará campeão estadual.
  • A partida acontecerá na Arena do Grêmio, com mando de campo do Tricolor Gaúcho.

LEIA MAIS SOBRE OS TIMES

++ Como foram as últimas finais do Grêmio no Gaúcho?
++ Qual foi a última vez que o Juventude ganhou do Grêmio?
++ Destaque do Juventude recebe sondagem de cinco clubes da Série A

Quer ficar por dentro do que acontece de mais importante no “Mundo da Bola”!? Então fique ligado no Sambafoot! Siga nossos perfis no InstagramX (antigo Twitter) e Facebook!

Quando será o segundo jogo da final?

A partida de volta da decisão do Campeonato Gaúcho será no próximo sábado, 6, às 16h30min (horário de Brasília), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Retrospecto recente

O Grêmio tem boa vantagem sobre o Juventude nas últimas cinco partidas disputadas entre as equipes, três pelo Campeonato Gaúcho e duas pelo Campeonato Brasileiro.

Imortal acumula três vitórias, enquanto o Jaconero tem um triunfo, além de um empate no período. O Tricolor Gaúcho marcou oito gols e sofreu sete no período.

Vale lembrar que as equipes já se enfrentaram na atual temporada, pela primeira fase do Gauchão. Na ocasião, o Grêmio venceu em casa por 1 a 0, com gol marcado por Fábio.

Já o último triunfo do Juventude aconteceu no Brasileirão de 2021, no primeiro turno, em Caxias do Sul, por 2 a 0, com gols de Paulinho Bóia e Matheus Peixoto.

Veja o ranking de maiores campeões gaúchos

  • Internacional – 45 títulos: 1927, 1934, 1940, 1941, 1942, 1943, 1944, 1945, 1947, 1948, 1950, 1951, 1952, 1953, 1955, 1961, 1969, 1970, 1971, 1972, 1973, 1974, 1975, 1976, 1978, 1981, 1982, 1983, 1984, 1991, 1992, 1994, 1997, 2002, 2003, 2004, 2005, 2008, 2009, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016
  • Grêmio – 42 títulos: 1921, 1922, 1926, 1931, 1932, 1946, 1949, 1956, 1957, 1958, 1959, 1960, 1962, 1963, 1964, 1965, 1966, 1967, 1968, 1977, 1979, 1980, 1985, 1986, 1987, 1988, 1989, 1990, 1993, 1995, 1996, 1999, 2001, 2006, 2007, 2010, 2018, 2019, 2020, 2021, 2022 e 2023
  • Guarany de Bagé – 2 títulos : 1920 e 1938
  • Brasil de Pelotas – 1 título: 1919
  • Grêmio Bagé – 1 título: 1925
  • Americano (Porto Alegre) – 1 título: 1928
  • Cruzeiro (Porto Alegre) – 1 título: 1929
  • Pelotas – 1 título: 1930
  • São Paulo (Rio Grande) – 1 título: 1933
  • Farroupilha – 1 título: 1935
  • Rio Grande – 1 título: 1936
  • Grêmio Santanense – 1 título: 1937
  • Riograndense (Rio Grande) – 1 título: 1939
  • Renner (Porto Alegre) – 1 título: 1954
  • Juventude – 1 título: 1998
  • Caxias – 1 título: 2000
  • Novo Hamburgo – 1 título: 2017

Diego Costa com bom início

Para se ter uma ideia de quanto o seu início tem deixado os torcedores do Imortal animados, em quatro jogos pelo Grêmio, o centroavante tem cinco gols, mais do que toda sua passagem no Botafogo no ano passado, e o mesmo número do início do craque uruguaio no Tricolor.

Apesar da sua passagem vencedora pelo futebol europeu, em clubes como Atlético de Madri e Chelsea, por exemplo, Diego Costa não chegou ao Grêmio como uma unanimidade. Pelo contrário, tinha uma certa desconfiança se seria o nome certo para substituir Luis Suárez.

‘Me cobro muito’

“Se eu fizer mais gol que o Suárez vai ter que pagar mais (risos). Sabendo da grandeza do Suárez, não existe comparação. Ele fez um ano maravilhoso no Grêmio. Quero sair daqui e ter conquistado algo com essa camiseta. Automaticamente me cobro muito”, brincou Diego Costa.

O melhor início do jogador brasileiro, naturalizado espanhol, por um clube, ocorreu em 2014, quando fez sete gols nas primeiras quatro partidas pelo Chelsea. No Grêmio, ele atingiu a sua segunda melhor marca neste quesito e vem sendo uma das peças de confiança do treinador.

Um dos artilheiros do Gauchão

Com os dois gols anotados diante do Caxias, na semifinal do Campeonato Gaúcho, o camisa 19 se colocou ao lado de Cristaldo e Michel, do Guarany de Bagé, na artilharia do Gauchão, com cinco gols. Diante do Juventude, ele tentará conquistar seu primeiro título pelo Imortal.

VEJA TAMBÉM

++ Análise – Grêmio atinge marca expressiva após vitória sobre o Caxias
++ Como foram as últimas finais do Grêmio no Campeonato Gaúcho?
++ Sambafoot Series estreia com documentário sobre Zagallo

Quer ficar por dentro do que acontece de mais importante no “Mundo da Bola”!? Então fique ligado no Sambafoot! Siga nossos perfis no Instagram, X (antigo Twitter) e Facebook!





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *