Ancelotti rasga elogios a Rodrygo após show em vitória sobre Bilbao: ” Para mim, ele é bom em todas as posições”

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


No último domingo (31), o Real Madrid recebeu o Athletic Bilbao no Santiago Bernabéu e venceu o jogo válido pela 30ª rodada de LaLiga, com show de Rodrygo, que marcou duas vezes.

Após o jogo Ancelotti, treinador da equipe madrilenha, falou sobre o retorno de Militão após uma lesão e sobre Rodrygo.

Fala Ancelotti!

A coletiva de Ancelotti começou com o treinador rasgando elogios ao atacante que resolveu a partida e deu a vitória ao Real: “Rodrygo jogou muito bem e fez a diferença. Ele nos deu uma vantagem inicial e fez duas jogadas de muita qualidade. É isso o que Rodrygo faz e é isso o que ele tem de fazer. Para mim, ele é bom em todas as posições, apesar de as pessoas dizerem que ele joga melhor pela esquerda. É preciso lembrar que ele marcou dois gols jogando pela direita em uma semifinal da Liga dos Campeões. Ele é um grande atacante que às vezes não acerta o gol, mas isso é normal”.

Após isso o treinador ressaltou também a importância do retorno de Militão, elogiando o zagueiro: “O Militão é um dos melhores zagueiros do mundo e o fato de ele estar de volta é importante. Ele precisa de tempo para se adaptar um pouco melhor ao jogo, mas o importante é que ele está de volta conosco. Vamos precisar dele nos próximos jogos e na reta final da temporada. Quando um jogador fica fora por tanto tempo e volta, isso traz uma vibração positiva para o vestiário. Todos os seus companheiros de equipe o parabenizaram”.

Ancelotti também falou sobre Bellingham, citando o cansaço após a parada para a Data FIFA: “Bellingham não estava tão fresco hoje como normalmente está. Ele jogou duas partidas muito intensas pela Inglaterra e hoje sofreu um pouco com isso. Quando falo de intensidade, é porque faltou um pouco hoje, como aconteceu com Bellingham e Valverde. Todos têm de estar em seu melhor nível para vencer o City. Bellingham tem jogado muito bem pela seleção nacional e o trabalho de hoje o ajudará nos próximos jogos”.

Por fim o treinador projetou ‘o jogo do ano’, onde enfrentará o Manchester City na Champions League: “Eles têm um calendário mais difícil, mas esse é o futebol moderno. Temos uma pequena vantagem que não determinará o resultado do jogo. Agora temos tempo para nos preparar para a partida e jogar bem.  Administramos o jogo muito bem hoje, mas não jogamos com alta intensidade porque o jogo não precisava disso. Gostei da maneira como lidamos com o jogo, mas a intensidade precisa ser maior”.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *