Há 23 anos, Grêmio patrolava o Inter pelo Gauchão e garantia lugar na final

GRÊMIO


23 anos, Grêmio patrolava o Inter pelo Gauchão e garantia lugar na final
Imagem: Reprodução/YouTube/Acervo Grêmio FBPA – Lorenzo Antinolfi

Uma vitória expressiva do Grêmio sobre o Inter pelo Gauchão

Há exatos 23 anos, o Grêmio enfrentava o Inter, no Estádio Olímpico Monumental, em jogo válido pela 6ª rodada do primeiro turno do octogonal do Gauchão. A partida foi bem movimentada, com várias chances para as duas equipes.

O Tricolor abriu o placar aos 24 minutos do primeiro tempo, com o meio-campista Tinga, em chute certeiro no canto direito do goleiro rival. O mesmo jogador aumentou a vantagem 20 minutos depois, tocando com tranquilidade na saída de João Gabriel, após assistência do centroavante Renato Martins.

Na etapa complementar, aos 17′, o clube gremista colocou folga no marcador com o atacante Rodrigo Mendes. Dentro da área, o atleta recebeu passe do volante Eduardo Costa, enchendo a perna esquerda e fuzilando as redes do lado colorado.

Por outo lado, a situação do time comandado pelo técnico Tite começou a mudar. O rival assustou quando fez dois gols em sequência, anotados pelos atacantes Luiz Cláudio e Fábio Pinto, respectivamente, deixando o placar em 3 a 2.

Contudo, após minutos emocionantes no Velho Casarão, o Imortal fechou a conta perto dos acréscimos do duelo. Aos 43′, Zinho foi derrubado dentro da grande área em contra-ataque rápido e o árbitro assinalou o pênalti. O próprio meia gremista foi para a cobrança e deslocou o goleiro do Inter, placar final: 4 a 2 para o lado azul.

Leia mais:

Últimas do Grêmio: ingressos vendidos para a final do Gauchão, direção monitora destaque do Juventude, provável time na Libertadores e mais

Análise: Grêmio acerta na estratégia para essa semana de jogos?

Escalações de Grêmio x Inter pelo Gauchão

GRE: Danrlei; Mauro Galvão; Marinho e Anderson Polga; Ânderson Lima, Eduardo Costa, Tinga, Zinho e Rubens Cardoso; Renato Martins (Itaqui) e Rodrigo Mendes (Warley). Técnico: Tite

INT: João Gabriel; Denilson, Fernando Cardozo, Espínola e Marcelo Santos (Marco Aurélio); Leandro Guerreiro (Gil Baiano), Carlinhos, Fábio Rochemback e Lê (Marcelo); Fábio Pinto e Luiz Cláudio. Técnico: Zé Mário

Imagem destaque: Divulgação/Umbro



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *