Fora de casa, Inter empata em 0 a 0 com o Belgrano na estreia da Copa Sul-Americana

INTERNACIONAL


Foto: Divulgação/Internacional

O Inter empatou em 0 a 0 com o Belgrano, da Argentina, na estreia da Copa Sul-Americana. O duelo desta terça-feira (2), no estádio Mario Kempes, em Córdoba, foi válido pela 1ª rodada do Grupo C da competição.

A partida, que marcou a estreia do atacante colombiano Borré entre os titulares foi morna nos primeiros 45 minutos. Mesmo fora de casa, o Colorado iniciou o jogo pressionando o Belgrano na Argentina.

Aos 11 minutos surgiu a grande oportunidade do jogo. Borré perdeu uma grande oportunidade de abrir o placar quando o goleiro Chicco saiu errado do gol e chutou a bola na direção de Bustos. Ao tocar no corpo do lateral, a bola foi em direção ao atacante, que, sem goleiro não conseguiu dominar, e o zagueiro Meriano teve tempo suficiente para se recuperar e afastar o que seria o primeiro gol da noite.

Depois da tentativa de Borré, o Inter seguiu tentando achar uma jogada no campo de ataque, mas era interceptado pela defesa argentina, que não cedia espaços ao Colorado.

O jogo não evoluiu até o final do primeiro tempo e para piorar os jogadores ainda protagonizaram um princípio de confusão. Aos 47, Passerini e Wanderson começaram a se empurrar. O atacante colorado deu uma cabeçada no adversário. Ambos foram punidos pela arbitragem com cartão amarelo.

A segunda etapa começou com o Belgrano agredindo a defesa do Inter e sendo mais incisivo no campo adversário. No primeiro minuto, Passerini recebeu pela direita, passou bem por Renê e finalizou por cima do gol. Porém, aos seis minutos, Borré teve mais uma oportunidade de gol. Após vacilo da zaga, o colombiano invadiu a área, hesitou para finalizar e acabou chutando em cima do goleiro Chicco.

Aos 14, Borré entrou na área do Belgrano numa disputa de bola e levou um tapa na cara do zagueiro Moreno. Os jogadores do Inter pediram penalidade mas o jogo seguiu.

Aos 23, Bustos foi lançado livre pela direita, foi atropelado por Reyna, mas o juiz e o VAR não entenderam como pênalti, causando nova revolta no Colorado.

Na sequência, de frente para o gol após cruzamento de Wesley, Borré cabeceou mas o goleiro Chicco defendeu.

O jogo seguiu com o Inter pressionando mas sem conseguir acertar o alvo adversário.

Com o empate, o Colorado divide a liderança com o Belgrano com 1 ponto cada. O próximo duelo do Colorado pela competição será na próxima quarta-feira (10), no Estádio Beira-Rio, contra o Real Tomayapo, da Bolívia.

Ficha técnica

– Escalação do Inter
Rochet; Bustos (Igor Gomes, 40min 2T), Vitão, Fernando e Renê; Thiago Maia, Mauricio (Gustavo Prado, 13min 2T), Bruno Gomes (Bruno Henrique, 13min 2T)e Wanderson (Wesley, 26min 2T); Alan Patrick (Lucca, 40min 2T) e Borré. Técnico: Eduardo Coudet.

– Escalação do Belgrano
Ignacio Chicco; Juan Barinaga, Matías Moreno, Troilo e Nicolás Meriano; Ariel Rojar (Heredia), Longo, González Metilli, Lucco (Reyna), Matías Suárez (Matías Marín) e Passerini. Técnico: Juan Cruz Real.

– Arbitragem

Kevin Ortega, Michael Orue, Jesus Sanchez e Diego Haro.